Instituto Vital Brazil cria sistema de despoluição para córrego

O Fluminense

O Instituto Vital Brazil espera concluir até o fim deste ano, o sistema de despoluição de um córrego que passa pelo instituto e tem a nascente no Morro Vital Brazil, localizado atrás da instituição, em Niterói, Região Metropolitana do Rio. O córrego, que não é totalmente canalizado, recebe poluição residual.

A instituição iniciou um estudo, no fim do ano passado, para despoluir o córrego, durante a pesquisa, os técnicos concluíram que alternativa mais adequada para o tratamento do ambiente contaminado é utilizar organismos vivos como plantas e microorganismos para remover ou reduzir os poluentes.

“Este processo, conhecido como biorremediação, é altamente recomendado pela comunidade científica e condiz com o comprometimento ecológico da atual gestão do Instituto Vital Brazil. É uma opção viável para o tratamento de ambientes contaminados, como águas superficiais, subterrâneas e solos, além de resíduos e efluentes industriais”, explicou o assessor de Arquitetura e Engenharia do instituto, Fábio Bitencourt.

Segundo ele, a ideia inicial é utilizar plantas terrestres, que absorvem tudo o que for contaminante na água. Essas plantas serão mantidas em um sistema hidropônico, ou seja, uma plantação toda montada fora do solo, na água, onde as raízes das plantas recebem uma solução nutritiva balanceada que contém todos os nutrientes essenciais ao seu desenvolvimento.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas