Inea localiza mancha com cerca de 1,6 mil litros de óleo em Maricá

Técnicos localizaram o produto a aproximadamente 20 km da praia de Ponta Negra e estimam que líquido já possa ter se espalhado a uma extensão de dois quilômetros

O Fluminense


Técnicos do Serviço de Operações de Emergência (Sopea) do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), com apoio do Grupamento Aéreo-Marítimo da Polícia Militar (GAM), localizaram na manhã de sábado uma mancha de óleo a 20 quilômetros da Praia de Ponta Negra, em Maricá.


Com cerca de dois quilômetros de extensão e um metro de largura, estima-se que tenham sido derramados no mar 1,6 mil litros de óleo.

A presidente do Inea, Marilene Ramos, solicitou apoio da Petrobras para a cessão de equipamentos especiais para contenção e/ou dispersão da mancha, para evitar qualquer possibilidade do óleo atingir as praias. Com apoio da Capitania dos Portos, o Inea vai fazer a coleta de material para tentar identificar a origem do material.

Embarcação pode ter responsável pelo derramamento de óleo - A hipótese mais provável é que o óleo tenha vazado de alguma embarcação, já que a mancha está localizada numa rota de navegação.

A denúncia sobre a existência do óleo foi feita por pescadores da colônia Z4, de Cabo Frio, na tarde de sexta-feira, na costa de Arraial do Cabo. O trajeto da mancha vai continuar sendo monitorado pelo Inea.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas