SC tem 45 mil atingidos pelas chuvas e 23 municípios em emergência

Dados são do último relatório da Defesa Civil atualizado segunda à noite.
Órgão estadual alerta para riscos de deslizamentos por solo encharcado.


Do G1 SC

Santa Catarina tem 45.700 pessoas atingidas pelas chuvas e 23 municípios decretaram situação de emergência até a noite desta segunda-feira (30). Estes são os dados atualizados pela Defesa Civil estadual, por volta das 22h30. Conforme o levantamento do órgão, há 41.700 desalojados - pessoas que estão em casas de parentes ou conhecidos - e 4 mil desabrigados, os que não têm onde ficar e foram levados para abrigos.

Segundo o órgão estadual, 44 municípios foram atingidos pelas chuvas. Oeste e Vale do Itajaí são os mais afetados. Serra e Sul são outras regiões que tiveram problemas.

Veja galeria de fotos dos estragos causados pela chuva em SC

A perspectiva da Defesa Civil é de que os pontos de alagamentos diminuam significativamente a partir desta terça-feira (1º), quando as famílias poderão retornar para suas casas e os estragos começarão a ser contabilizados. Apesar disso, existe a preocupação com deslizamentos ou desmoronamentos, já que o solo está encharcado em várias regiões, devido às chuvas que atingem o estado desde o início de junho, e já não consegue mais absorver a água.

Durante todo o dia, a Defesa Civil se concentrou em receber o levantamento dos municípios atingidos, para ter uma ideia do prejuízo em todo o estado. “A situação já é menos tensa do que nos últimos quatro dias. Os rios já atingiram seus limites máximos, estão reduzindo os níveis. Grande parte da população que foi afetada já retornou às suas residências, óbvio que em uma situação de limpeza", afirmou o secretário estadual da entidade, Rodrigo Moratelli.


Capivaras costumam ficar nas margens do rio, mas foram flagradas no Centro (Foto: Orlando Pereira/Divulgação)Capivaras tentaram migrar para local seco (Foto: Orlando Pereira/Divulgação)


Situação de emergência

Municípios que decretaram situação de emergência: Palmitos, Joaçaba, Itapiranga, Rio das Antas, Águas de Chapecó, Água Doce, Lindóia do Sul, São Carlos, Agronômica, Videira, Herval d'Oeste, Capinzal, Presidente Castelo Branco, Campo Erê, Lageado Grande, Piratuba, Planalto Alegre, Itá, Irani, Rio do Sul, Cordilheira Alta, Rio do Oeste e Ibicaré. Nesta segunda, a Prefeitura de Balneário Rincão decretou situação de emergência, mas a informação ainda não consta no relatório da Defesa Civil estadual.

Volta às aulas 

As escolas da rede estadual do Oeste de Santa Catarina voltaram às aulas nesta segunda (30) após serem canceladas devido às fortes chuvas na região. Por causa da elevação do nível das águas nos rios, cerca de 225 escolas tiveram suas aulas suspensas na sexta (27).

Estradas federais e estaduais

Cerca de 20 trechos de rodovias estaduais e federais seguem com algum tipo de problema após as chuvas que afetaram as regiões Oeste, Serra e Sul de Santa Catarina. No caso das estradas federais, há áreas prejudicadas na Serra e no Oeste. Para as estaduais, uma das situações mais graves é na SC-155 em Xanxerê, onde parte da pista cedeu.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou interdição na BR-153 no km 118, em Concórdia, na ponte sobre o Rio Uruguai, divisa de Santa Catarina com Rio Grande do Sul. Na mesma rodovia no km 49, em Vargem Bonita, também há interrupção. Na BR-282 em São José do Cerrito, no km 271, e Vargem, no km 293, há vários buracos e degraus na pista. Existe a possibilidade da via ser interditada para veículos pesados. Desde as chuvas do começo do junho, a BR-280 em Corupá, no Norte, segue bloqueada no km 93.

Um dos danos mais graves foi registrado na SC-155, em Xanxerê. A rodovia desmoronou entre os kms 73 e 73,100. As duas pistas e o acostamento cederam abrindo um buraco de aproximadamente 50 metros de comprimento e 20 metros de profundidade. A previsão de liberação é para 10 de julho. Outro ponto interrompido na SC-155 fica em Itá, onde houve desmoronamento da pista entre os kms 133,95 e 134.

Na SC-283, em Arvoredo, a pista cedeu entre os kms 69,8 e 70. Entre Ipira e Peritiba, fissuras na pista fizeram com que o tráfego precisasse ser bloqueado na SC-390. O problema ocorre ao longo dos kms 33,3 e 33,6.

Na SC-465, toda a pista também cedeu, segundo a PMRv. O problema começa no km 15 e segue até o 15,09 e causou a interrupção total da via, que fica no município de Macieira. Na SC-452 houve deslizamento de pista em Monte Carlos.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas