São Paulo tem dia mais seco do ano e entra em estado de alerta

Capital paulista registrou umidade do ar de 19% nesta quarta, diz Inmet.
Temperatura máxima de 31,2°C também foi a mais alta do inverno.


Do G1 São Paulo

A cidade de São Paulo entrou em estado de alerta na tarde desta quarta-feira (10) por causa do tempo seco, segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE). O índice de umidade do ar de 19%, registrado na estação do Mirante de Santana às 15h, foi o mais baixo do ano na capital, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), que possui os dados históricos e oficiais da capital. Na terça-feira (9), o índice chegou a 21%, no mesmo local.

O estado de alerta é decretado quando a umidade fica entre 12% e 20%. Em algumas estações do CGE, os registros foram ainda mais baixos na cidade: 18% no Ipiranga e na Vila Prudente. Na Mooca, o índice chegou a 19%, no Centro a 20%, no Butantã a 23% e em Parelheiros a 25%. A média da umidade do ar ficou na marca de 24%.

Dia mais quente do inverno

O Inmet também registrou a maior temperatura do inverno de 2014, com máxima de 31,2°C às 15h, que superou os 31°C registrados na terça-feira e no dia 31 de agosto. Em comunicado, o instituto de meteorologia informou que os termômetros ainda pode subir alguns décimos até o fim da tarde.

O calor e a baixa umidade são resultado da atuação de uma massa de ar quente e seco que atua no estado de São Paulo e impede a formação de nuvens de chuva, de acordo com o meteorologista do Centro de Gerenciamento de Emergências Thomaz García.

O meteorologista do Inmet Franco Villela explica que a mudança na direção dos ventos, que passam a soprar do sul do país nesta quinta-feira (11), melhora a qualidade do ar, mas sem previsão de chuva na capital. A sexta-feira (12), segundo Franco, segue ensolarada e a umidade mínima atinge índices de 40%.

A passagem de uma frente fria no estado de São Paulo causa mudança no tempo a partir do começo da próxima semana, com previsão de chuva e queda de temperatura entre segunda (15) e terça-feira (16).

Cuidados

Quando a umidade do ar atinge índices entre 20% e 30% e é decretado estado de atenção, a orientação é evitar exercícios físicos ao ar livre entre 11h e 15h, umidificar o ambiente com vaporizadores, toalhas molhadas, recipientes com água e, sempre que possível, permanecer em locais protegidos do sol, além de beber água à vontade.

Já com a umidade do ar entre 12% e 20% - estado de alerta - além das recomendações para o estado de atenção, os exercícios físicos e trabalhos ao ar livre devem ser evitados entre 10h e 16h, é indicado o uso de soro fisiológico para olhos e narinas. O estado de emergência é decretado quando os índices ficam abaixo de 12% e devem ser seguidas as recomendações para os estados de atenção e de alerta.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas