Rio é contaminado e deixa 36 mil pessoas sem água em Luziânia, GO

Espuma de pelo menos 1 metro cobriu manancial no município.
Suspeita é de que indústria tenha poluído manancial com dejetos químicos.


Do G1 GO, com informações da TV Anhanguera
Cerca de 36 mil pessoas estão sem água neste sábado (24) devido a contaminação do Rio Palmital, que abastece Luziânia, cidade goiana do Entorno do Distrito Federal. A suspeita é que um manancial foi poluído por dejetos de uma indústria. Uma espuma de aproximadamente um metro de se formou sobre o rio.

Rio é contaminado e deixa 36 mil pessoas sem água em Luziânia, Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Espuma também chegou a estação de tratamento de água (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Fiscais da Secretaria de Meio Ambiente identificaram o possível local do vazamento. A água que chegou à Estação de Tratamento da Companhia de Saneamento de Goiás (Saneago) na cidade para ser purificada e depois destinada para abastecer as casas, também chegou cheia de espuma.

“Quando eu fui fazer a vistoria do sistema constatei que estava realmente começando a espumar. Como já tem esse alerta, a gente parou o sistema para não afetar mais o abastecimento", explicou Flávio Vaz, gerente da Saneago.

A companhia também coletou amostras e fez uma análise na água. O resultado apresentou 4% de oxigênio em uma escala que vai de 1 a 10. O índice é considerado alto e aponta que a água é imprópria para o consumo.

Outra amostra foi encaminhada para Goiânia onde será identificada qual a substância responsável pela contaminação.

A Secretaria de Meio Ambiente informou que aguarda o relatório da Saneago para saber se alguma indústria foi responsável pela contaminação. A previsão é que o abastecimento seja normalizado ainda nesta noite.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas