Número de mortos em onda de frio na Europa já passa de 40

Forte e longa nevasca que atingiu Genebra bloqueou o aeroporto. Dezoito pessoas morreram na Polônia.


Por G1


Uma forte onda de frio, chamada de Besta do Leste, continua a castigar a Europa nesta quinta-feira (1º). Desde sexta-feira (23), frio já deixou 45 mortos.

Neve fechou o aeroporto em Genebra, na Suíça, nesta quinta-feira (1º) (Foto: Pierre Albouy/ Reuters)
Neve fechou o aeroporto em Genebra, na Suíça, nesta quinta-feira (1º) (Foto: Pierre Albouy/ Reuters)

Até países acostumados como com invernos rigorosos, como a Suécia e a Dinamarca, já reconheceram que estão enfrentando uma temporada de frio acima do comum.

Diante de até 32 centímetros de neve e temperaturas de - 10,3ºC em algumas áreas, os serviços meteorológicos do Reino Unido e da Irlanda emitiram seus alertas vermelhos mais rigorosos, aconselhando as pessoas a ficarem em casa devido ao perigo de circular, segundoa Reuters.

Reino Unido

Centenas de pessoas ficaram presas em seus carros de quarta para quinta-feira na estrada M80, que liga Glasgow a Edimburgo, e estavam sendo aconselhadas a ficar onde se encontravam até a polícia conseguir alcançá-los.

"No auge, estimados mil veículos estavam parados, (com) congestionamentos de quase 13 quilômetros rumo ao norte e ao sul", informou a polícia escocesa.

Os dois aeroportos britânicos mais movimentados, Heathrow e Gatwick, alertaram que os voos seriam cancelados nesta quinta-feira. Voos e trens foram cancelados em todo o Reino Unido e a Irlanda.

Mais da metade dos trens sofreram cancelamentos ou atrasos no horário de pico em Waterloo, a estação de trem mais movimentada de Londres, e a estação de Paddington foi fechada.

A operadora de trens Southern Railways disse que um pedaço de gelo de cerca de 2,4 metros encontrado em um túnel estava atrasando os serviços entre Gatwick e Brighton.

Balanço de mortos


De acordo com a Deutsche Welle, 18 pessoas morreram na Polônia, seis na República Tcheca, cinco na Lituânia, quatro na França e na Eslováquia. Itália, Sérvia e Romênia registraram cada um duas mortes. Uma pessoa morreu na Eslovênia e uma na Holanda.

Um recorde de queda de neve, 182 cm, foi registrado na cidade croata de Delnice.

Suíça

A forte e longa nevasca que atingiu Genebra na noite de quarta-feira (28) deixou caos na cidade, com vias fechadas, ônibus bloqueados, o fechamento do aeroporto e atrasos generalizados nos transportes interurbanos.

A neve começou a cair pouco depois da meia noite e se intensificou durante toda a madrugada.

O aeroporto está fechado e não tem previsão de abertura. A grande quantidade de neve em estradas e trilhos de bondes e trens, o que provocou o colapso da cidade, que já tem tráfego denso.

Nas estradas que rodeiam a cidade foram registrados vários acidentes. Os bombeiros e serviços de socorro tiveram que intervir diversas vezes em ruas que tinham ficado bloqueadas por ônibus.

Carros param em um semáforo em frente a uma pilha de neve retirada de ruas no centro de Belgrado, na Sérvia, na quarta-feira (28)  (Foto: Darko Vojinovic/ AP)
Carros param em um semáforo em frente a uma pilha de neve retirada de ruas no centro de Belgrado, na Sérvia, na quarta-feira (28) (Foto: Darko Vojinovic/ AP)

Inundações foram provocadas pela ruptura de dutos após mais de uma semana com temperaturas de 5 graus centígrados abaixo de zero de média, mas com sensação térmica de até 17 graus baixo zero.

A prefeitura previu que os centros de atendimento a moradores de rua permaneçam abertos durante o dia para evitar que estes tenham que perambular pela neve.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas