Secretário Geral de ONU alarmado por perda de gelo na Antártida

Enquanto aumenta hoje a perda de gelo na Antártida, o secretário geral da ONU, António Guterres, mostrou-se alarmado por este fenômeno que acarreta severas consequências para a saúde de todo o planeta.


PRENSA LATINA
Nações Unidas - 'Precisamos ação climática agora. Amanhã é muito tarde', escreveu o diplomata português em sua conta oficial em Twitter sobre um recente reporte da acelerada forma de derreter-se os glaciares nessa região.


Estou sumamente preocupado pelos relatórios de que a taxa de perda de gelo na Antártida se tem triplicado na última década, sublinhou o máximo representante da ONU.

A capa de gelo da Antártida perdeu ao redor de três biliões de toneladas de 1992 a 2017, segundo uma análise da revista Nature, que publica um total de cinco estudos nesta semana sobre a evolução, estado atual e futuro desse continente.

Este derretimiento traduz-se em um aumento médio do nível do mar de para perto de oito milímetros, um processo que se acelerou nos últimos cinco anos e resulta indicador chave da mudança climática.

A Antártida contém suficiente água para elevar o nível do mar 58 metros a escala mundial, indicam reporte-os científicos.

O rastreamento atual, bem como o balanço sobre suas perdas e ganhos de massa, permitirá estimar as possíveis mudanças futuras deste continente.

Desde 1989 realizaram-se mais de 150 cálculos da perda de massa de gelo da Antártida.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas