O cuidador das florestas alemãs

Na Alemanha, o tradicional "Förster", ou guarda florestal, tem a missão de proteger as florestas e os animais que nelas habitam. Profissão exige conhecimentos complexos, de ecologia à economia.


Karina Gomes | Deutsch Welle

Ele é especialista em regeneração das florestas e conhece cada espécie que vive entre os troncos e galhos. Com uma lata de spray, identifica as árvores em risco de queda que precisam ser derrubadas, assim como as que devem permanecer fortes e saudáveis no futuro e as que pássaros usam para fazer ninhos. O Förster – guarda florestal alemão – tem a missão de proteger as florestas e os animais que nelas habitam.

Guarda florestal na Alemanha
"Förster" é profissão com raízes na Idade Média

Alguns ainda mantêm o tradicional modo de se vestir ao desbravar a floresta: uma jaqueta verde, um chapéu com pena e uma espingarda nas costas. A profissão com raízes na Idade Média exige conhecimentos complexos, de conservação florestal à economia.

O responsável pelas florestas estatais da Alemanha não está focado no lucro com a venda de madeira. Mais do que ter habilidades para ver oportunidades de negócios, o Förster é, acima de tudo, um ambientalista preocupado em promover a diversidade de espécies e manter o equilíbrio da natureza.

Muitos guardas florestais também têm habilidades de caça. Eles precisam saber quais animais podem ameaçar árvores jovens e controlar o número de populações. O cão é um amigo fiel do Förster nas andanças pelas florestas. O companheiro encontra animais feridos e identifica esconderijos.

A profissão de guarda florestal tem uma antiga tradição na Alemanha. Na Idade Média, os chamados guardiões florestais tinham como uma de suas funções a de proteger as árvores de ladrões de madeira.

Além de conhecer a alma da floresta, o Förster precisa ter conhecimentos em direito civil e florestal e administração. Na verdade, na maior parte do tempo, o guarda florestal fica no escritório. É preciso fazer relatórios sobre a implementação de diretrizes da União Europeia (UE) e gerenciar corte e venda da madeira, entre outras funções.

Para se tornar Förster, é necessário ter formação acadêmica em ciências florestais ou ensino técnico em engenharia florestal. Entre as disciplinas obrigatórias estão botânica, zoologia e climatologia. As mulheres ainda estão subrepresentadas nessa profissão clássica.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas